Tudo sobre o FIES

 

FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) é um programa criado pelo Ministério da Educação que tem como objetivo facilitar o ingresso de estudantes ao ensino superior não gratuito, financiando os estudos dos ingressantes em até 100% (cem por cento)  do valor total do curso.

 

  • Permite um financiamento de até 100% (cem por cento) do valor do curso;
  • Alunos regularmente matriculados em um curso de graduação não gratuito;
  • O aluno pode se inscrever no Fies em qualquer período do ano;
  • O prazo para pagamento é de três vezes o tempo do curso, mais o período de carência (1 anos e meio). Isso significa que se o candidato escolher um curso que tenha duração de 4 (quatro) anos, poderá pagá-lo em até 18 (dezoito) anos e meio (contando o tempo desde o primeiro período);
  • Os juros são de 3,4% ao ano;
  • A inscrição é feita exclusivamente via internet.

 

Quem pode se inscrever

Podem se inscrever no Fies alunos regularmente matriculados em um curso de graduação não gratuito. Isso significa que o aluno tem que ser frequente nas aulas, não podendo estar em situação de trancamento geral de disciplinas durante o período do financiamento.

 

Quem não pode se inscrever

  • O aluno que estiver com a matrícula do curso trancada em todas as disciplinas no momento da inscrição;
  • O candidato que já tiver participado do Fies anteriormente;
  • Caso tenha algum débito com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • Se o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do candidato for inferior a 20% (vinte por cento).

Ou seja, a mensalidade do curso tem que comprometer no mínimo 20% (vinte por cento) da sua renda familiar bruta. Confira um exemplo abaixo:

Ex.: Se a renda familiar bruta do aluno for de R$ 1.000,00 (mil reais) por mês e a mensalidade do curso for menor que R$ 200,00 (duzentos reais), o financiamento será vetado.

  • Se o aluno estiver com o nome no SPC/SERASA ou qualquer outro órgão regulamentador de crédito.

 

O Fies tem juros de 3,4% ao ano válido para todos os cursos.

Confira abaixo os percentuais de financiamento:

 

Financiamento de 100% do valor do curso

O financiamento de 100% (cem por cento) do valor do curso é concedido quando a mensalidade do curso comprometer a renda familiar em 60% (sessenta por cento).

Ex: Se a renda familiar bruta do candidato for de R$1.000,00 (mil reais) e a mensalidade do curso comprometer a renda familiar com o valor igual ou maior a R$600,00 (seiscentos reais) por mês, o financiamento de 100% (cem por cento) é concedido ao aluno.

Obs: A renda familiar do candidato não pode exceder 10 (dez) salários mínimos. Caso exceda, o financiamento de 100% (cem por cento) será vetado restando apenas às opções de Financiamento de 75% (setenta e cinco por cento) e de 50% (cinquenta por cento) do curso.

SIMULE SEU FINACIAMENTO

 

Financiamento de 75% do valor do curso

O financiamento de 75% (setenta e cinco por cento) do valor do curso é concedido quando a mensalidade do curso comprometer a renda familiar em um valor superior a 40% (quarenta por cento) e inferior a 60% (sessenta por cento).

Ex: Se a renda familiar bruta do candidato for de R$1.000,00 (mil reais) e a mensalidade comprometer a renda familiar com o valor igual ou maior a R$400,00 (quatrocentos reais) e igual ou menor a R$ 600,00 (seiscentos reais) por mês, o financiamento de 75% (setenta e cinco por cento) é concedido ao aluno.

Obs: A renda familiar do candidato não pode exceder 15 (quinze) salários mínimos. Caso exceda, o financiamento de 75% (setenta e cinco por cento) será vetado restando apenas às opções de Financiamento de 50% (cinquenta por cento) do curso.

SIMULE SEU FINACIAMENTO

Financiamento de 50% do valor do curso

O financiamento de 50% (cinquenta por cento) do valor do curso é concedido quando a mensalidade do curso comprometer a renda familiar em um valor superior a 20% (vinte por cento) e inferior a 40% (quarenta por cento).

Ex: Se a renda familiar bruta do candidato for de R$1.000,00 (mil reais) e a mensalidade comprometer a renda familiar com o valor igual ou maior a R$200,00 (duzentos reais) e igual ou menor a R$ 400,00 (quatrocentos reais) por mês, o financiamento de 50% (cinquenta por cento) é concedido ao aluno.

Obs: A renda familiar do candidato não pode exceder 20 (vinte) salários mínimos. Caso exceda, o financiamento de 50% (cinquenta por cento) será vetado.

SIMULE SEU FINACIAMENTO

 

O aluno poderá solicitar o financiamento em qualquer período do ano através do site oficial do Fies.

Siga o passo a passo para solicitá-lo:

 

1º Passo: Fazer a inscrição

Acesse o site oficial do Fies e informe os dados solicitados.  No primeiro acesso será feito um cadastro de usuário. Guarde o usuário e senha cadastrados pois eles serão importantes nos próximos passos. Um e-mail de confirmação será enviado ao candidato após o termino da inscrição.

 

2º Passo: Confirmar as informações

Após a inscrição o aluno deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), na Universo, em até 10 (dez) dias, contados a partir de um dia após a inscrição no Site Oficial.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

 

3º Passo: Contratar o Financiamento

Após a confirmação e validação das informações, o aluno deverá comparecer a um agente financeiro do Fies em até 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil após a inscrição, para formalizar a contratação do financiamento.

 

No ato da inscrição no site oficial do Fies, o aluno escolherá a instituição bancária, assim como a agência que preferir. Sendo a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil os atuais Agentes Financeiros do Programa.

 

Conheça as fases de pagamento do FIES para os contratos firmados a partir deste ano:

 

Fase de utilização: O estudante que utilizar o Financiamento pagará, em um intervalo de três em três meses, durante toda a duração do curso, o valor máximo de R$ 50,00 (cinquenta reais) – este valor varia em relação à porcentagem do Financiamento (100%, 75% ou 50%) concedido.

Fase de carência: Após a conclusão do curso (formatura), o aluno terá 18 meses (01 ano e 06 meses) de carência para recompor seu orçamento. Neste período o estudante continuará pagando, em um intervalo de três em três meses, o valor máximo de R$ 50,00 (cinquenta reais) – valor referente aos juros de 3,4% ao ano.

Fase de amortização: Encerrado o período de carência, o saldo devedor do estudante será parcelado em até três vezes o período financiado do curso, acrescido de 12 (doze) meses. Após a Fase de utilização (durante o curso) e a Fase de Carência (até 18 (dezoito) meses após a formatura).

 

Exemplo:

Um estudante que financiou todo o curso com duração de 4 anos:

  • Durante o curso: Pagamento de até R$ 50,00 (cinquenta reais) em um intervalo de três em três meses (trimestralmente).
  • Carência: Nos 18 (dezoito) meses após a conclusão do curso, o estudante pagará, em um intervalo de três em três meses (trimestralmente), o valor máximo de R$ 50,00 (cinquenta reais).
  • Amortização: Ao final da carência, o saldo devedor do estudante será dividido em até 13 anos [ 3 x 4 anos (período financiado do curso) + 12 meses].

 

Confira a lista de cursos financiáveis da UNIVERSO:

 

- Recife

. Administração (matutino e noturno)

. Educação Física (Licenciatura e Bacharelado) Noturno

. Engenharia de Produção (matutino e noturno)

. Fisioterapia (matutino e noturno)

. Gastronomia (noturno

. Redes de Computadores (noturno)

. Nutrição (matutino e noturno)

. Processos Gerenciais (matutino e noturno)

. Psicologia (noturno)

. Segurança do Trabalho (noturno)

 

- Campos Goytacazes

. Administração (matutino e noturno)

. Educação Física – Licenciatura (matutino e noturno)

. Engenharia de Produção (noturno)

. Estética (noturno)

. Fisioterapia (noturno)

. Nutrição (noturno)

. Pedagogia (noturno)

 

- Belo Horizonte 

. Educação Física – Licenciatura (matutino e noturno)

. Enfermagem (noturno)

. Pedagogia (noturno)

. Psicologia (noturno)

. Serviço Social (noturno)

 

- Juiz de Fora 

. Administração (noturno)

.  Direito (matutino e noturno)

. Educação Físisca – Bacharelado e Licenciatura (matutino e noturno)

. Enfermagem (noturno)

. Engenharia de Produção (matutino e noturno)

. Estética

. Fisioterapia (noturno)

. Psicologia (noturno)

. Serviço Social (noturno)

. Análise de Sistemas

. Sistemas de informação

 

- São Gonçalo

. Direito (matutino e noturno)

. Educação Física – Licenciatura ( matutino e noturno)

. Enfermagem (matutino e noturno)

. Estética (noturno)

. História

. Farmácia (noturno)

. Pedagogia (noturno)

. Segurança do Trabalho (noturno)

 

- Goiânia

. Ciências Contábeis (noturno)

. Design de Moda (matutino e noturno)

. Direito (matutino e noturno)

. Educação Física – Bacharelado e Licenciatura (matutino e noturno)

. Enfermagem (matutino e noturno)

. Farmácia (matutino e noturno)

. Fisioterapia (matutino e noturno)

. Negócios Imobiliários (noturno)

. Psicologia (matutino e noturno)

 

- Salvador

. Direito (matutino e noturno)

. Enfermagem (matutino e noturno)

. Engenharia de Produção (matutino e noturno)

. Estética (noturno)

. Petróleo e Gás (matutino e noturno)

. Psicologia (matutino e noturno)

. Segurança do Trabalho (noturno)

. Serviço Social (noturno)

 

- Niterói

. Ciências Biológicas (noturno)

. Comunicação Social – Jornalismo (noturno)

. Engenharia de Produção (noturno)

. Estética (noturno)

. Fisioterapia (noturno)

. Odontologia (integral)

. Psicologia ( noturno)

. Processos Gerenciais (noturno)

Documentos do aluno:

  • Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) emitido pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES (CPSA);
  • CPF próprio e, se menor de 18 anos de idade não emancipado, CPF do seu representante legal;
  • Certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;
  • Comprovante de residência;
  • Documentos do fiador;
  • Documento de identificação;
  • CPF;
  • Certidão de casamento;
  • CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;
  • Comprovante de residência;

Comprovante de rendimentos, salvo no caso de fiança solidária, conforme disposto no § 4º do art. 12.

Documentos do fiador (no caso da opção por Fiança Tradicional ou Fiança Solidária):

  • Documento de identificação;
  • CPF;
  • Certidão de casamento,
  • CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;
  • Comprovante de residência;

Comprovante de rendimentos, salvo no caso de fiança solidária, conforme disposto no § 4º do art. 12.